Recall – Airbags do Jeep Renegade podem apresentar falha

31 de Outubro de 2016 às 08:00
3098-1407-Jeep-Renegade-ContentStory-Safety-7StandardAirbags
COMPARTILHAR

A FCA (Fiat Chrysler Automobiles) anunciou no Brasil nesse último dia 24 de outubro, um recall envolvendo 3.932 unidades do seu SUV compacto, Jeep Renegade. Esse recall envolve problemas nos airbags produzidos pela fabricante japonesa Takata, o qual já envolveu diversas outras fabricantes como Nissan, Toyota, Honda, Mitsubishi, Subaru, Audi, BMW, VW, Lexus, Fiat e Chrysler, no que é considerado o maior recall da história automobilística.

As unidades do Renegade envolvidas no recall são das versões Básico, Sport e Longitude, ano/modelo 2015/2016, com os chassis de numeração 988611122GK032308 até 988611151GK049020.

De acordo com a Jeep, em colisões onde aconteça o disparo do airbag frontal do passageiro, o inflador do dispositivo de segurança poderá se romper, provocando dispersão de estilhaços juntamente com o airbag. Esses estilhaços de metal acabam perfurando os ocupantes do veículo com marcas semelhantes a facadas.

No Brasil ainda não se tem registro de vítimas ligadas à acidentes com o disparo do airbag produzido pela Takata, mas nos Estados Unidos já se somam 11 vítimas até o momento, e na Malásia existem mais 5 possíveis casos.

Segundo estudos encomendados pelos fabricantes, o metal utilizado na carcaça do inflador, ao entrar em contato com nitrato de amônio possivelmente umedecido, acaba por trincar. Assim, ao haver o disparo do airbag com sua grande explosão, acabaria dissipando vários estilhaços de metal no habitáculo do veículo. Até o momento, já se somam mais de 50 milhões de veículos das 11 marcas envolvidas que foram convocados para o recall desde 2013 (quando o problema foi descoberto e a Takata assumiu publicamente que iria contribuir com os recalls).

Lembramos que todos os recalls são sérios, pois envolvem riscos de morte aos ocupantes dos veículos, e estão amplamente amparados pelo Código de Defesa do Consumidor. Os consertos devem ser totalmente gratuitos, e não existe data final para finalizar.

Se o seu Renegade estiver entre os chassis listados, procure imediatamente um concessionário da marca e agende seu reparo.

Fonte: g1.globo.com/autoesporte

Foto: Jeep / Divulgação
COMPARTILHAR