VW Up! terá facelift para a sua versão 2018

23 de Março de 2017 às 08:00
destaque
COMPARTILHAR

A VW já testa nas ruas o modelo 2018 do Up! que deve chegar nas concessionárias ainda nesse semestre. Vários flagras do carrinho camuflado já foram feitos, como a foto abaixo, de Haroldo Nakagawa.

22129_2

Ainda se desconhece a cara definitiva do modelo no Brasil, mas algumas informações já são sabidas, ou quase certas:

1. Custo de reparo – O Volkswagen Up! é hoje o carro mais barato de consertar do Brasil, segundo o ranking “Car Group” elaborado pelo Cesvi. Como as alterações serão pequenas e mais estéticas, essa característica deverá ser mantida no novo modelo do carrinho.

2. Dimensões – Como trata-se apenas de um facelift, as medidas do Up! não mudam. Ele continuará com seu o tamanho compacto atual, perfeito para o uso nas cidades. Considerando seu tamanho, o espaço interno não está tão mal. Com seus 3,60 m de comprimento e os 2,42 m de entre-eixos, até o porta-malas de 285 litros é igual ao do Gol.

3. Visual – O estilo “pão de forma” do Up! será mantido, com suas linhas mais quadradas, mas trazendo algumas atualizações estéticas para deixar o carro brasileiro mais parecido com o europeu. A grade frontal e o conjunto ótico (faróis e lanternas traseiras) manterão o desenho anterior. A mudança estará concentrada somente nos para-choques. Nas versões TSi, a tampa traseira em preto também permanece.

4. Acabamento interno – O Up! deve ganhar mudanças por dentro, como novo quadro de instrumentos e acabamento mais trabalhado, mesmo que ainda permaneça seu desenho. O volante também deve mudar.

5. Posição de dirigir – Desde sua versão de entrada, o Up! vem com ajuste de altura no banco do motorista, e a partir da Move Up! vem também com ajuste na direção. Entretanto, nem a configuração topo de linha oferece a regulagem para os cintos de segurança dianteiros, o que poderia ser modificado no novo modelo para ajudar o motorista na escolha correta da posição de dirigir. Destaque no Up! vai para o sistema “Isofix” de fixação de cadeiras infantis no banco traseiro, presente em todas as versões.

6. Maps&More – A antiga central multimídia do Up! deve sair, sendo que já nem é mais oferecida no configurador da Volkswagen por aqui. A expectativa é que o Maps&More seja substituído por uma central mais moderna com mais opções de conectividade e que passe a ficar integrada ao painel ao invés de ser um “módulo” acoplado.

7. Motorização – Os motores serão os mesmos oferecidos atualmente: 1.0 aspirado de 82 cv (etanol) e 1.0 turbo de 105 cv (etanol), ambos flex, com três cilindros e 12 válvulas. As opções de câmbio também seguem inalteradas com o manual e o automatizado I-Motion, os dois com cinco marchas. Notícia boa para os fãs do compacto, já que um dos seus destaques é o baixo consumo de combustível.

8. Versão aventureira – A versão Track apresentada no Salão de São Paulo do ano passado deve sair de linha com a chegada do modelo 2018, mas a mais cara Cross Up! seguirá no catálogo. Atualmente essa configuração é oferecida com os dois motores, mas ela pode passar a ser vendida apenas com o motor turbo após a reestilização.

9. Luz diurna – Não é certo que o DRL estará disponível no Brasil, mas possivelmente se chegar, deve equipar apenas as versões mais caras. A verdade é que o DRL seria muito bem-vindo, ainda mais por substituir os faróis baixo agora obrigatórios nas rodovias do País. No Up! europeu foram adotadas as luzes diurnas de LED.

10. Equipamentos – O Up! sempre teve a vantagem de trazer direção elétrica desde a versão Move Up!, o que provavelmente deve ser mantido. Outro destaque vai também para o sensor de estacionamento traseiro, oferecido de série desde a verão High Up!. Algumas alterações na lista de equipamentos foram feitas na linha 2017, e o Up! pode ganhar mais algumas modificações com a chegada do modelo 2018.

Fonte: iCarros

Fotos: Volkswagen/divulgação / Haroldo Nakagawa / Tiago Duarte
COMPARTILHAR