Ranking de vendas mundiais das marcas Premium em abril

30 de Maio de 2017 às 08:00
destaque
COMPARTILHAR

As marcas consideradas Premium estão abocanhando uma fatia cada vez maior do mercado. Várias marcas têm apresentado um crescimento de forma contínua nos últimos meses, onde se destaca a Mercedes-Benz, atual líder nesse segmento de mercado.

Veja abaixo como foram os resultados das principais marcas no mercado internacional em abril, e no acumulado anual:

*Mercedes-Benz: A marca alemã já contabiliza o 50º mês seguido de crescimento, sendo a Premium preferida em todos os meses de 2017 até o momento. Com 180.599 veículos novos comercializados em abril, a marca de Stuttgart registrou um crescimento de 10,1% em relação a 2016. Já no acumulado do ano, saíram de suas concessionárias um total de 741.224 unidades, 14,5% a mais do que o período entre janeiro e abril do ano passado. Na China (mercado mais importante para a Mercedes atualmente), foram vendidas 47.627 unidades (35,3% de alta), enquanto na Alemanha foram 24.577 (perda de 4,7%) e nos EUA 26.932 (perda de 7,9%).

*BMW: Estando em segundo lugar no ranking, a marca foi a preferida por 164.641 consumidores no mês de abril, apresentando uma alta de 9,4% em relação ao mesmo mês de 2016. Tendo o melhor resultado de mês de abril na sua história, a BMW já conseguiu atingir 668.095 unidades no acumulado do início de 2017, o que significa um avanço de 6,2% sobre os resultados dos quatro primeiros meses do ano passado.

*Audi: Fechando o trio de marcas alemãs que dominam essa fatia do mercado, a marca fechou o mês em terceiro lugar, mesmo tendo um recuo de 5% em suas vendas com relação ao mês de abril do ano passado (156.150 unidades vendidas). Já no acumulado anual, as 578.750 unidades vendidas resultam em uma queda de 6,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso ainda pode ser resquício de problemas gerados pelo escândalo Dieselgate à imagem da marca.

*Volvo: A marca sueca, considerada a mais segura do mundo, emplacou 46.895 veículos comercializados em abril, apresentando assim uma evolução de 10,5% em relação ao mesmo período de 2016. Nos quatro primeiros meses de 2017, a marca sueca foi a preferida por 176.043 consumidores, 8% a mais do que no ano passado. No entanto, foi na China (8.687 unidades vendidas) que o mercado mais cresceu para a Volvo, com 38,3% de aumento no mês, lembrando que a atual proprietária da marca é um grupo chinês.

*Land Rover: No mês de abril, a montadora britânica conseguiu comercializar apenas 28.075 unidades em todo mundo, resultado 15,8% menor do que em abril de 2016. No acumulado do ano, a montadora recuou 5,4% nas vendas, emplacando 153.612 unidades. Junto com a Audi, a Land Rover tem sido a marca com maior perda de espaço no mercado nos últimos meses.

*Jaguar: Assim como a BMW, a marca inglesa fechou com o melhor mês de abril de sua história, comercializando 12.310 veículos, e tendo um crescimento de 54% em relação ao mesmo mês do ano passado. Já no acumulado dos quatro primeiros meses de 2017, foram 66.282 unidades, alta de 75,1% em relação ao acumulado de 2016. A “culpa” de todo esse crescimento é atribuída aos lançamentos da marca (F-Pace, XE e a versão longa do XF), os quais obtiveram também boas vendas no mercado chinês.

*Mini: A marca pertencente à BMW esteve em uma baixa de 3% sobre o mesmo mês do ano passado, fechando abril com 27.588 veículos vendidos. Já nos quatro primeiros meses de 2017, a MINI comercializou 110.643 veículos (3,6% de crescimento em relação ao mesmo período de 2016). Dentro da marca, o destaque é o Cabrio com 10.871 unidades vendidas desde janeiro (crescimento de quase 90%). Já o Clubman, com 19.203 unidades, apresentou um crescimento de 16,9% no acumulado.

Lexus, Infinity e Porsche, marcas de destaque no cenário mundial, ainda não apresentaram seus resultados referentes à esses períodos.

Fonte: uol.com.br/carplace

Fotos: Mercedes-Benz/divulgação
COMPARTILHAR