Ford testa entrega de pizza com veículo autônomo

13 de Setembro de 2017 às 08:00
destaque
COMPARTILHAR

A Ford fez parceria com a rede de pizzarias Domino’s para atender clientes de forma experimental nos arredores de Detroit (EUA). As pizzas serão entregues por veículos autônomos desenvolvidos pela montadora. Dessa forma, a Ford conseguiu unir os testes de entregas autônomas de mercadorias (como os já testados pela Amazon e Fedex) aos testes de deslocamento até destinos, como os realizados por algumas montadoras no mundo.

Segundo previsão da montadora, até 2021 os primeiros carros autônomos da marca devem estar sendo vendidos. Mas, até lá, a fabricante manterá em ritmo acelerado os testes com protótipos adaptados com sensores, câmeras e toda as outras parafernálias necessárias para desviarem de obstáculos e tomarem decisões em meio ao tráfego (especialmente na complexidade do trânsito dos grandes centros urbanos).

Para aprofundar ainda mais esses testes, essa parceria fechada com a Domino’s fará com que as pizzas da rede sejam entregues aos clientes da cidade de Ann Arbor, nos arredores de Detroit (Michigan), onde fica a sede da montadora americana.

Os testes estão sendo realizados em unidades customizadas do Fusion Hybrid, e suas entregas acontecerão de forma aleatória com outros veículos convencionais. O pedido da pizza é feito via aplicativo e o usuário pode acompanhar sua entrega via GPS, tendo o trajeto do veículo até chegar a porta de sua casa. Em seguida, basta se dirigir ao carro para retirar a pizza do compartimento térmico acomodado no lugar do assento traseiro.

A Ford ainda avalia a melhor forma de fazer essa entrega, para que não afete o conforto dos clientes da rede de pizzarias. O Fusion automatizado, assim como todos os outros carros autônomos testados na região, não roda sozinho. Apesar de ter capacidade de circular sozinho em determinadas condições, o carro sempre roda com um engenheiro da fabricante atrás do volante, para assumir o comando caso o sistema autônomo falhe. Essa medida serve para cumprir as normas de trânsito locais que ainda não permitem a circulação de veículos autônomos sem um motorista presente para casos de emergência.

ford-carroautonomo-dominos-4 ford-carroautonomo-dominos-2

Fonte: WM1

Fotos: Ford/divulgação
COMPARTILHAR