Honda PCX pode vir ao Brasil em sua versão híbrida ou elétrica

07 de Novembro de 2017 às 08:00
destaque
COMPARTILHAR

A Honda mostrou exibiu algumas motos além dos carros no Salão de Tóquio. Dentre as motos, duas em especial atraem a curiosidade dos brasileiros. São as versões elétrica e híbrida do scooter PCX, um dos campeões de venda da marca no Brasil.

Segundo a Honda, com o início de vendas do modelo em 2018 no Japão, os modelos deverão ser distribuídos também em outras regiões da Ásia e Europa, não sendo descartados para o nosso país. A Honda declarou que pretende investir nos benefícios que os veículos elétricos podem trazer, mas também sobre duas rodas, algo que não tem sido explorado em larga escala. E espalhar isso também para os clientes da América do Sul é um dos focos do projeto, mas isso dependerá principalmente de custos.

“Alguns países obrigam a ter carros híbridos ou elétricos, mas não há obrigação para motos, nós da Honda queremos levar este tipo de possibilidade para todos os países”, declarou Takahiro Hachigo, presidente mundial da Honda.

O PCX Hybrid traz um motor elétrico ligado em conjunto com a propulsão a combustão de 150 cc (a qual rende 13 cv de potência máxima). A principal função dessa união é aumentar o torque, principalmente em baixas rotações. No visual, o PCX Hybrid ficou mais encorpado em relação ao modelo vendido por aqui (para acomodar a bateria e motor elétrico).

Já no caso do PCX 100% elétrico, as mudanças no visual foram ainda mais significativas. O scooter ganhou novo grafismo na carenagem e pinturas com tons de azul e branco, enquanto o painel de instrumento digital ficou maior. No modelo Electric as baterias podem ser retiradas para serem recarregadas. Neste caso, não existirá a necessidade de conectar o scooter na tomada.

img_4047

Fonte: WM1

Fotos: Honda/divulgação
COMPARTILHAR